Sexta, 20 de Maio de 2022
26°

Muitas nuvens

Piracuruca - PI

Geral Maranhão

Laticínio de Bacabal recebe certificado do Serviço de Inspeção Estadual

O empreendimento tem capacidade para processar 2 mil litros de leite por dia e é o primeiro da região no Médio Mearim a adquirir a produção de leite dos agricultores familiares.

27/09/2021 às 19h35
Por: Redacao Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
Entrega do certificado de registro no Serviço de Inspeção Estadual. (Foto: João Rabelo)
Entrega do certificado de registro no Serviço de Inspeção Estadual. (Foto: João Rabelo)

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) conferiu, na manhã desta segunda-feira (27), o título de registro no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) a um laticínio de Bacabal. 

O empreendimento tem capacidade para processar 2 mil litros de leite por dia e é o primeiro da região no Médio Mearim a captar, ou seja, adquirir a produção de leite dos agricultores familiares, gerando mais emprego e renda para os produtores. A entrega do SIE ao laticínio permite a abertura de mercado, que ajudará a expandir a comercialização dos produtos por todo o Maranhão. 

A atual gestão da AGED tem ampliado o número de estabelecimentos com registro no SIE, que nos últimos três anos aumentou em 57,14% o número de registros de estabelecimentos no Serviço de Inspeção Estadual, incluindo empreendimentos da agroindústria familiar. Isto representa que o alimento de origem animal produzido no Estado chega até à mesa do consumidor com qualidade e inocuidade. Foram 21 estabelecimentos registrados.

“A entrega desse registro é motivo de muita satisfação para a equipe da AGED. A expectativa é que novos empreendimentos sejam registrados [no estado], gerando mais desenvolvimento para suas regiões e ofertando alimentos seguros e de qualidade para toda a população maranhense”, analisou Clidilene Alencar, coordenadora de Inspeção Animal da AGED.

Emanuel Silva de Sousa, sócio proprietário do laticínio Nobr’s, disse que o empreendimento vai movimentar a economia local com a entrega de produtos de qualidade. “Vamos trabalhar dentro dos padrões exigidos, entregando um produto com qualidade para nossos clientes”, pontuou.

O também sócio proprietário do laticínio, Fábio dos Santos Sousa, contou que, antes de iniciarem, eles pesquisaram muito sobre o negócio, uma vez que há uma enorme produção de leite na região. “Nossa perspectiva, a partir desse registro, é crescer mais, entregando um produto de qualidade e assim captar mais produtores de leite e crescer, empregando mais gente e colaborando com o desenvolvimento da nossa região”, comentou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias