Porto Piauí 1
Porto Piauí - Caminhão
Apicultura

Apicultores capacitados para produzir cosméticos à base de mel, própolis e cera de abelha ganham nova fonte de renda

Eles foram capacitados pela Codevasf para a produção de itens como sabonetes, shampoos e hidratantes corporais

08/02/2024 19h58
Por: Redacao
Fonte: Agência Gov.br
Foto: divulgação/Codevasf
Foto: divulgação/Codevasf

Produtores do Norte da Bahia ligados à Associação dos Apicultores e Meliponicultores de Itiúba e à Associação dos Apicultores de Melosa, no município de Remanso, poderão diversificar suas fontes de renda com a produção de cosméticos. Eles foram capacitados pela Codevasf para a produção de itens como sabonetes, shampoos e hidratantes corporais. O curso foi oferecido pela 6ª Superintendência Regional da Companhia, sediada em Juazeiro (BA).

Na avaliação da apicultora Rosangela Gonçalves, a capacitação foi importante e permitiu que os associados aprendessem a produzir cosméticos na própria comunidade. “O curso nos deu um direcionamento que a gente buscava há muito tempo sobre como fazer produtos e cosméticos à base do mel. A gente já desenvolve outros subprodutos dentro da comunidade, mas esse era um grande desafio”, diz.

O treinamento repassou conhecimentos e experiências sobre a produção de cosméticos naturais à base de própolis, mel e cera de abelha para agregar valor a uma parte da produção dos apiários locais. Os participantes aprenderam como manipular e produzir sabonete, shampoo, condicionador, gel de limpeza, sérum facial, hidratante corporal, vela para massagem corporal e protetor labial.

"Estas capacitações aproveitam a vocação regional e iniciativas já implantadas, agregando valor ao que é produzido e valorizando o trabalho das comunidades beneficiadas. A Codevasf está cobrindo toda a cadeia produtiva do mel, uma vez que, através de ações de Arranjos Produtivos Locais (APLs), investimos na geração de emprego e renda com o repasse de material para o desenvolvimento da apicultura, na realização de capacitações para produção de mel e também, neste caso, na manufatura de subprodutos apícolas", explica o superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Miled Cussa Filho.

A instrutora do curso foi a professora Maria José Sarmento Filha, que possui licenciatura em Química pelo Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba e mestrado em Química pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, além de ser doutora em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Medicamentos pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Trinta e cinco produtores receberam o treinamento.

Por: Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.