Porto Piauí - Caminhão
Porto Piauí 1
Defes Civil

MDS amplia proteção às famílias no RS por meio do Bolsa Família

Mais de 61 mil famílias já foram atendidas, somadas as inclusões e reinclusões entre maio e julho deste ano

10/07/2024 12h54
Por: Redacao
Fonte: Agência gov
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini Cerca de 14 mil famílias identificadas como elegíveis ao Bolsa Família foram incluídas no Programa, em julho deste ano
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini Cerca de 14 mil famílias identificadas como elegíveis ao Bolsa Família foram incluídas no Programa, em julho deste ano
MDS amplia proteção às famílias no RS por meio do Bolsa Família
 

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) ampliou o trabalho de proteção das famílias vulneráveis no Rio Grande do Sul.  Além de incluir novas famílias, com a publicação da Portaria MDS 999, a pasta atua para reverter cancelamentos de beneficiários que já regularizaram seus dados junto ao Cadastro Único.

Cerca de 14 mil famílias identificadas como elegíveis ao Bolsa Família foram incluídas no Programa, em julho deste ano. Somadas as inclusões e as reinclusões nos meses de maio a julho, o MDS já atendeu mais de 61 mil famílias no estado. A ação representou um investimento de R$ 44 milhões por mês.

“A situação inédita e de amplas proporções vivenciadas no Rio Grande do Sul tem aumentado as vulnerabilidades da população já fragilizada por outros aspectos e desproteções sociais. Por isso, o MDS adotou essas providências”, ressaltou o ministro Wellington Dias.

Em maio deste ano, mês de início da tragédia climática, 21 mil famílias foram incluídas no Programa Bolsa Família. Em junho, outras oito mil famílias também passaram a integrar o Programa e 10 mil foram reincluídas.

Adaptação do Bolsa Família à situação no RS

A situação nas cidades gaúchas ainda é crítica, especialmente na logística de acesso às pessoas, na conexão à internet, dentre outras dificuldades. As equipes municipais do CadÚnico e do Bolsa Família estão empenhadas no acolhimento e abrigo de famílias, além da inclusão de pessoas vulneráveis no cadastro. Este trabalho árduo torna o processo de regularização cadastral das famílias beneficiárias um procedimento não prioritário.

Estas especificidades do contexto de emergência foram reconhecidas pelo MDS ainda em maio. Por isso, o Bolsa Família reverteu o cancelamento de benefícios do Bolsa Família daqueles que tiveram a interrupção do pagamento em maio e em abril, causado pela necessidade de averiguação cadastral.

A Pasta adaptou os procedimentos de gestão de benefícios, no que diz respeito à reversão de cancelamento do Bolsa Família e do Auxílio Gás. A medida também busca aliviar a sobrecarga das equipes da assistência social no estado.

A retomada da análise dos casos será feita em dezembro deste ano.

Cobranças suspensas

Outra alteração feita pelo MDS diz respeito ao ressarcimento de benefícios pagos às famílias que estavam irregulares no CadÚnico. Para o MDS, , neste momento de calamidade, a cobrança poderia agravar ainda mais a situação de vulnerabilidade destas pessoas. Assim, a Coordenação-Geral de Cobrança de Ressarcimento suspendeu temporariamente as notificações. Elas serão retomadas após o fim do estado de calamidade.

A população no Rio Grande do Sul permanece em estado de alerta por conta de ameaças de novas enchentes e frio intenso na região.

Por: Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) 

A reprodução é gratuita desde que citada a fonte
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Piracuruca, PI
Atualizado às 12h04
33°
Tempo nublado Máxima: 35° - Mínima: 22°
33°

Sensação

4.96 km/h

Vento

37%

Umidade

Piracuruca News novo logo
Municípios
Piracuruca News novo logo
Últimas notícias
Anuncie Aqui
Piracuruca News novo logo
Mais lidas
Cerâmica